top of page
  • Foto do escritorVitor Bertuzzi

Como montar um fluxo de caixa inicial para minha empresa

Montar um fluxo de caixa em uma planilha do Excel é uma tarefa essencial para o gerenciamento financeiro de qualquer negócio.

Como montar um fluxo de caixa inicial para minha empres

O fluxo de caixa ajuda a monitorar a entrada e saída de dinheiro, facilitando o planejamento financeiro e a tomada de decisões.


Aqui está um guia passo a passo sobre como configurar um fluxo de caixa eficiente no Excel:


1. Defina a Estrutura do Fluxo de Caixa

Decida o período que seu fluxo de caixa irá cobrir. Muitos negócios optam por um formato mensal, mas você pode escolher uma visão semanal ou diária, dependendo das necessidades da sua empresa.


2. Prepare a Planilha

Abra uma nova planilha no Excel. Você vai precisar de várias colunas para diferentes categorias de informação:

  • Data: a data da transação.

  • Descrição: uma breve descrição da transação.

  • Tipo: categoriza a transação como entrada ou saída.

  • Valor: o montante da transação.

  • Saldo Inicial: o saldo de caixa no início do período.

  • Saldo Atualizado: o saldo após cada transação.


3. Entradas de Caixa

Na seção de entradas de caixa, liste todas as fontes de receita, como vendas, recebimento de contas, empréstimos, entre outros. Insira o valor correspondente em cada linha sob a coluna "Valor", e marque estas entradas como "Entrada" na coluna "Tipo".


4. Saídas de Caixa

Abaixo das entradas, comece a listar as saídas, que incluem todas as despesas, pagamentos de contas, salários, compra de materiais, entre outros. Esses valores devem ser inseridos como negativos na coluna "Valor" e marcados como "Saída" na coluna "Tipo".


5. Calcule o Saldo

Para calcular o saldo atualizado após cada transação:

  • Na primeira linha de transação, na coluna "Saldo Atualizado", insira a fórmula: =[Saldo Inicial]+[Valor da Transação].

  • Nas linhas subsequentes, a fórmula será: =[Saldo Atualizado da linha anterior]+[Valor da Transação].

  • Arraste a fórmula para baixo para todas as outras linhas.


6. Adicione Totalizações

No final da planilha, você pode querer adicionar uma linha para totalizar as entradas e saídas separadamente, assim como para verificar o saldo final. Use a fórmula =SUM() para somar todas as entradas e todas as saídas separadamente.


7. Formatação e Visualização

Formatar a planilha para facilitar a leitura é crucial:

  • Use cores diferentes para entradas e saídas.

  • Garanta que as fórmulas estejam corretas e que a planilha esteja livre de erros.

  • Considere usar gráficos para visualizar o fluxo de caixa ao longo do tempo.


8. Revisão e Ajustes

Periodicamente, revise o fluxo de caixa para garantir que as informações estejam corretas e atualizadas. Ajustes podem ser necessários à medida que novas informações financeiras se tornam disponíveis.


9. Automatização e Segurança

Considere proteger a planilha com senha para evitar alterações não autorizadas e pense em automatizar entradas recorrentes com macros, se necessário.


Um fluxo de caixa bem preparado no Excel não apenas ajuda a manter a saúde financeira do seu negócio, mas também facilita a previsão financeira e a gestão estratégica.

Ao seguir estes passos, você poderá montar um fluxo de caixa claro, compreensível e eficaz que servirá como uma ferramenta crucial para a tomada de decisões financeiras.

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page