UNICORNIOS STARTUPS E FRANQUIAS

Ainda que startups surjam quase que diariamente em nosso país, é possível traçar paralelos e cenários que compõem o ecossistema brasileiro de startups. Em suma, existem mais de 13 mil startups brasileiras, distribuídas em mais de 75 comunidades por todo o país, segundo o levantamento da StartupBase. As principais cidades que abraçam essa causa se concentram no Sudeste com São Paulo e Rio de Janeiro e se espalham, principalmente, pelo sul do país do Paraná ao Rio Grande do Sul.



De acordo com o Heritage Foundation, o Brasil foi listado na 143° posição de liberdade

econômica em 2020, sendo categorizado como um país majoritariamente não livre. Contudo, mesmo com índices baixos de liberdade, o jovem brasileiro vem

empreendendo cada vez mais.


Um estudo apontou que “24% dos jovens das classes A, B e C com até 30 anos já são

empreendedores e 60% querem ter um negócio próprio no futuro”, um dos pontos que corroboram este estudo é a esfera de empreendedorismo voltado às startups.

Estas são organizações capazes de crescerem rapidamente, não importando o segmento de trabalho, apenas a capacidade de, em termos estrangeiros, growth, algo que o brasileiro sabe fazer, e por sinal, muito bem.

As startups tupiniquins, nos primeiros 6 meses de 2021, já arrecadaram mais que o total

de investimentos de anjos em 2020, com mais de US$ 5,2 bilhões investidos, e o número de unicórnios brasileiros, empresas que atingem avaliação de mercado de 1 bilhão de dólares, agora é de 16, acima de países como França, Canadá e Japão.

Além disso, há outras 16 apostas para unicórnios em 2021, desde serviço para assinaturas voltados aos pets até empresas voltadas ao segmento logístico que, por sinal, é um dos que mais cresce graças ao e-commerce. O Brasil cresce em um cenário pós pandemia.


O que você sabe sobre franquias no Brasil?


O Franqueamento é uma estratégia de negócios para expansão que permite uma licença especial para uso da marca e venda de seus produtos. Os Estados Unidos, com seus 724 bilionários, é líder no mercado e conta com 785.316 estabelecimentos franqueados, o modelo de negócios como conhecemos hoje nasceu apenas com a mudança da indústria após a segunda guerra mundial.

No Brasil, em torno de 11% das franqueadores são internacionais e, entre 2019 e 2020, as tendências locais refletiram o efeito COVID com a perda de mercado no setor de hotelaria, turismo e alimentação. Contudo, a adaptação ao veio na forma da automação de serviços, caso da startup e possível unicórnio Market4u, criada em 2019, que hoje é a maior franquia de mercados autônomos da América Latina.

Outro ponto marcante dos últimos anos foi o setor de casa e construção, mesmo com o

INCC projetando aumento de custos, o setor cresceu, refletindo o maior aumento dos 12 segmentos estudados em relatório da Associação Brasileira de Franquias.

O Rio Grande do Sul é o 5° maior mercado de franquias do Brasil, representando em torno de 27% do mercado, além de ter o 4° maior PIB do Brasil (IBGE), no estado. Aqui em nosso estado, por exemplo, nasceram as franquias da Bibi Calçados e Caracol

Chocolates.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo